Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

Experiências ruins com iPhone


Quem nunca falou que o iPhone é maravilhoso que atire a primeira pedra. Afinal, um aparelho revolucionário criado por Steve Jobs foi, sem dúvida, um grande passo para a comunicação como conhecemos hoje. Mas se eu te dissesse que o aparelhinho não é tão bom quanto vocês pensam? Não sou de ficar falando coisas negativas a respeito de produtos, pois como publicitário, tenho sempre que achar motivos para as pessoas comprarem algum produto. Mas, como eu não estou na posição de publicitário aqui (pelo menos neste post), vou falar as reais experiências que tive com iPhone.

Já faz dois anos que tenho um iPhone 4S, sim, já existia o 5, mas isso não invalida minhas opiniões acerca desse smartphone. Além disso, posso dizer com certa propriedade desse celular, pois já tive um Android.

Logo quando eu adquiri essa "preciosidade", levei uma surra monumental só para colocar música, afinal, um aparelho Apple é "diferenciado, nossa, incrível". É incrivelmente horrível e burocrático colocar qualquer tipo de música do seu computador para o aparelho, pois além de ter de usar o iTunes, programa feito pela Apple para intermediar o processo de troca de arquivos, só consegui colocar grupos de música. Basicamente funciona da seguinte maneira, tenho várias músicas do Eminem no PC, mas só queria colocar apenas uma delas no celular, simplesmente não consigo, ou eu importo todas do artista, ou fico sem ouvir. Isso é muito ruim, porque quero ter liberdade de escolher o que eu quero ou não ouvir. A única possibilidade que tenho de colocar músicas individualmente, é usando programas pagos de terceiros como o TunesGo.

A segunda coisa que me faz querer trocar de smartphone com todas as minhas forças são os bugs que ele tem. Os usuários Apple vivem dizendo aos quatro cantos que ele é estável, mentira sem tamanho. Já buguei a playlist de músicas, onde tocava uma música, mas na tela aparecia outra, fora as inúmeras vezes em que tive que tirar a opção de músicas aleatórias, coisa que ocorre com certa regularidade. Tem alguns aplicativos que não abrem na primeira vez, ou que param de funcionar do nada, "ah, mas ai é culpa do aplicativo", sei, e por que nunca aconteceu isso com o Android? Usei um Xperia Mini por mais de dois anos e posso dizer com experiência que esse tipo de coisa nunca aconteceu. Bem, por último também se refere aos aplicativos, tem vezes que eles entram sozinhos, com destaque em especial da câmera, vai ver o iPhone gosta de narcisismo.

O terceiro e último ponto é o custo-benefício, isso tem a ver com hardware, software e preço. O software nem preciso dizer, bugado demais. O hardware anda lado a lado com o preço, não vale a pena comprar um iPhone só pelas características técnicas. Quando se compra um iPhone, você está comprando além do próprio celular, um status, estilo de vida, "experiência", se você gosta realmente de tudo isso, compre, caso goste de performance, qualquer outro smartphone na mesma faixa de preço será de bom tamanho.

O que você acha do seu iPhone? Você tem versões mais atuais? Esses problemas foram solucionados com o tempo? Sinto saudades do meu Android!

Compartilhar no Google+
    Deixe seu Comentário
    Comentários Blogger

0 comentarios:

Postar um comentário