Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

O Bom e Velho RPG de Turno

O bom e velho RPG de Turno
Autor: Brunno Quaresma
Bravely Default pode ser o nome das esperanças renovadas aos RPGistas mais antigos
Ah.. o bom e velho RPG de Turno! Muitos gamers cresceram com incríveis jogos como Chrono Trigger, Pokémon, Fire Emblem, Breath of Fire, Final Fantasy e hoje se deparam em um mundo onde esse tipo de jogo está praticamente extinto..
Breath of Fire IV (Fonte)
A indústria dos games está em constante evolução. E é claro que com a evolução vem mudanças e renovações para melhor adaptação ao mercado, mas... será mesmo que os desenvolvedores sempre acertam o tiro?

O assunto aqui é RPG, esse tipo de jogo amado por muitos e odiado por muitos também. Inclusive dentro do próprio gênero existem desavenças e diferenças.
O gênero RPG possui seus subgêneros, digamos assim. Tem o RPG de Turno, o Action-RPG, o MMORPG (RPG Online)... todos apesar de possuirem coisas em comum e que os caracterizam como RPG, diferenciam-se bastante na jogabilidade.

Ótimo! E o que tem isso ??
A questão é a seguinte: O mercado nos últimos anos passou por uma alta em jogos de ação, tiro, combate e os desenvolvedores investiram muito nisso. Os RPGs de turno foram diminuindo cada vez mais ao ponto de forçar jogos clássicos a se adaptarem à política da ação, ou seja, os combates de turno não poderiam ser mais tão parados. Final  Fantasy é um exemplo disso.
Final Fantasy, muitíssimo conhecido e consagrado com Final Fantasy VII,
mantém a tradição dos combates por turno,
mas teve que se adaptar ao mercado e
colocar mais ação nos turnos.

Tudo bem que já a partir de Final Fantasy V
já foi inserida a barrinha ATB (Active Time Battle).
Esse sistema de combate consiste na ação após
uma barra se encher e foi evoluindo com o tempo
até sua versão mais dinâmica em Final Fantasy IX.

Final Fantasy XI utilizou o sistema RTB (Real Time Battle) usado em Chrono Trigger.
Final Fantasy X-2 acrescentou o sistema de Chain ao ATB.
A partir de Final Fantasy XIII  temos os CSB (Command Synergy Battle) em que cada ação consome mais ou menos da barrinha de ação.
Final Fantasy XIII (Fonte)

Então, podemos ver que Final Fantasy foi tentando se renovar, se modificar, tudo para ficar cada vez mais dinâmico, mesmo que mantendo o combate em turnos.

Temos os Action-RPGs que cresceram bastante a partir da geração anterior (Playstation 2/Xbox/GameCube) e atual (Xbox 360/Playstation 3/Wii), apesar de já existirem no mercado, até mesmo com clássicos como Legend of Zelda, Diablo, Legend of Mana.
Legend of Mana (Fonte)
O Action-RPG, como o próprio nome diz, possui o estilo da ação, da dinâmica e tudo que a indústria vinha ou vem pedindo.
Jogadores que não jogaram nenhum outro RPG clássico ou mesmo os que nem gostavam de RPG, experimentaram o estilo e adoraram. Muitos mesmo nem sabem que é um RPG. Muitos mesmo nem consideram um RPG... mas é.
Diablo III (Fonte)
Tem muito Action-RPG que é praticamente um jogo de aventura/ação, mas com as características de RPG como Atributos e Aumento de Experiência/Nível (Level). Pronto, muitas vezes isso caracteriza um RPG para a indústria.
Mas é preciso lembrar que RPG vem de Role Playing Game (que seria um jogo de interpretação de personagem) pois os jogos eletrônicos surgiram baseados nos jogos de livro, dados e tabuleiro, em que cada jogador possui um personagem com suas características e toma suas ações influenciando a história. Nesse sentido alguns Action-RPG se aproximam mais do que deveria ser RPG, pois há uma criação própria do personagem e é possível tomar ações diferentes durante a história.

Certas coisas como Inventário, Habilidades, Missões, poderiam antigamente ser características de RPG, mas já são coisas normais em muitos jogos (por exemplo GTA que possui missões e até habilidades, Batman que possui habilidades e que melhoram por experiência e nível, Darksiders que possui inventário, experiência, nível...).

A Batalha no Action-RPG é livre. Eu disse LIVRE. E é isso que faz a alegria de tantos (ou a tristeza de outros tantos... haha).
Nesse tipo de batalha é preciso pensar rápido no que fazer, se demorar você pode se fu perder e... morrer.
Alguns dizem: "Prefiro o Action-RPG, pois me sinto no personagem, sou eu que preciso esquivar aquele ataque, dar aquele contra-golpe no tempo certo... é mais envolvente".
Dark Souls (Fonte)
Títulos recentes surgiram no Action-RPG e se consagraram,
temos Kingdon Hearts, Dark Souls, Fallout, Mass Effect, Fable, The Elder Scrolls, Dragon Age, Dragon's Dogma... São só alguns nomes que já são grandes nomes na indústria de jogos dos chamados RPGs Ocidentais.
Mass Effect 2 (Fonte)
(vai me desculpar... mas olha isso! pra mim é um jogo de tiro com os elementos do RPG clonados inseridos)

Mas voltando ao CLÁSSICO
Voltando ao RPG de Turno, também temos muitos grandes nomes
como as franquias de Shin Megami Tensei, Pokémon, Fire Emblem, o já falado Final Fantasy, são jogos que ainda brigam no mercado com os combates de turno, são também conhecidos por JRPGs ou RPGs Orientais.
Chrono Trigger e Breath of Fire também são clássicos que marcaram,
mas ficaram apenas nas lembranças dos fãs.


E para os que também adoram um RPG de Turno, boas notícias:
Há possibilidades de renovar as esperanças e vermos mais investimentos de RPGs desse tipo.
O motivo da renovação de esperança tem um nome
e o nome é BRAVELY DEFAULT.
Bravely Default (Fonte)




Bravely Default é um jogo atual lançado pela Square Enix para o Nintendo 3DS.
É um jogo incrível que traz o combate de turno clássico renovado com um sistema diferente, empolgante e envolvente de combate, o sistema Brave Default.
O jogo está fazendo muuuuito sucesso e agrada tanto os marmanjos das antigas quanto a galera nova e é isso que um jogo precisa para marcar território. É justamente isso que Bravely Default está fazendo e muito bem.
(Fonte da Imagem)

Mudança de Classes (Fonte)
As classes clássicas como Black Mage e White Mage estão aqui (Fonte)
Roupinhas Estilosas (Fonte)
   
Eu, infelizmente, só possuo a demo deste jogo por enquanto, mas até mesmo a demo é empolgante, pois tem bastante coisa e mostra tudo que o jogo é capaz (ou quase tudo) já deixando uma grande ansiedade para jogar a versão completa.
Não é aquelas demonstrações rápidas que não dá nem pra sentir direito o jogo.
Tem bastante coisa e eu ainda estou jogando.

Possivelmente eu faça um outro post falando melhor deste game. Espero que sim.
Aguardem.


Grande Abraço!
E fico feliz em deixar essa notícia boa para os amantes do Bom e Velho RPG de Turno   ;D

Abraços Infinitos... Fui !
Compartilhar no Google+
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

12 comentarios:

  1. Vale colocar aqui que o CSB (Command Synergy Battle), visto em Final Fantasy XIII, é semelhante ao sistema de atalha do Chrono Cross, no qual um ataque mais forte consome mais energia e tem mais probabilidade de erro

    Um outro jogo de RPG de turno que ficou bem famoso na época foi Paper Mario, tinha o mesmo sistema do Super Mario RPG, os timing (ou time) attack, no qual você apertava o botão de ataque na hora do golpe, o que ocasionava um dano extra

    ResponderExcluir
  2. Ah sim! Obrigado pelas colocações!

    Isso me fez lembrar que o jogo South Park: Strick of the Truth lançado recentemente utiliza esse sistema Timing Attack. Bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Outros dois jogos com ação por turnos, bastante originais e movimentados, são Vagrant Story e Parasite Eve.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela colocação, amigo !! Já joguei o primeiro e é muito bom também!

    ResponderExcluir
  5. antigamente havia bem mais desse gênero com breath of fire, eathbound final fantasy(que hoje parece mais action do que por turno),super Mario RPG entre outros.
    é triste que o meu gênero de jogos preferido esteja tam raro ultimamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, RPG por turno é meu gênero favorito, mas ficou raro =/

      Excluir
  6. faltou falar do child of light q é um RPG por turnos atual e muito bom

    ResponderExcluir
  7. Obrigado pela colocação Gabriel Serafim !
    Tem razão! Joguei um pouco o Child of Light ! É muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Um jogo fantástico que joguei de RPG por turnos foi Grandia para PSONE e Grandia II para PS2, infelizmente o Grandia III apesar de tb ser por turno, veio com personagens monótonos e história chata entao nunca zerei, achei que a Square Enix ferrou com o jogo que era da Game Arts...

    ResponderExcluir
  9. Felipe Bouchuid, obrigado pelo comentário!
    Infelizmente não joguei Grandia, dei uma pesquisada aqui e vi que é um sistema de turno com um sistema próprio de barra de tempo/ação. Bem interessante. Lembrou-me um pouco o atual Child of Light também.

    Mais uma vez obrigado e continue a acompanhar o blog! Até mais!

    ResponderExcluir
  10. Seria bom um jogo rpg classico MMO, as vezes é cansativo passar tudo sozinho :v, alias, ainda tem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor Veloso, obrigado pelo comentário!
      Não entendi muito bem sua pergunta. Você quer dizer um RPG de turnos e online? Desse tipo eu nunca vi. Mas MMO-RPG ainda tem bastante, inclusive alguns novos mas nos padrões classicos do antigo RAGNAROK ONLINE, se nao me engano o nome de um jogo assim é Tree of Saviors, algo assim. Abraço!

      Excluir