Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

Ganhadores de Prêmio Nobel de Literatura devem ser lidos (Livros Infinita)

Autora: Nikki Merin
Livros Infinita
Escritores que ganharam o Prêmio Nobel de Literatura e devem ser lidos.

Olá, meus amados leitores. Hoje não trago para vocês uma resenha, mas sim um especial Nobel de Literatura. Eu sempre tive vontade de fazê-lo, agora enfim consegui. Eu coloquei alguns escritores que eu acho fundamental todos nós leitores conhecermos e apreciarmos.
A ordem não importa, só numerei por questão de organização. E outra coisa, não coloquei todos que achava bom colocar, porque senão o post ia ficar muito extenso. Escolhi dezesseis apenas.
Bom, o Nobel de Literatura é um prêmio sueco que acontece anualmente. O nome é em homenagem a Alfred Nobel. O prêmio não é dado apenas por causa de um livro do autor, mas sim por sua obra inteira, seus livros mais importantes, sua mentalidade, estilo e filosofia.
Vamos aos principais ganhadores escolhidos por mim.

16° Eugene Gladstone O'Neill – Nobel 1936
Dramaturgo estadunidense. Suas obras mais importantes são: Além do Horizonte, Anna Christie, Longa viagem Noite Adentro, A Juventude Não É Tudo.

“O dever do homem diante a vida é seguir para frente. A vida é para todo homem uma solitária cela, onde as paredes são espelhos”. (Eugene Gladstone O'Neill)


15° Thomas Mann – Nobel 1929
Romancista alemão. Suas obras mais importantes são: A Montanha Mágica, A Morte em Veneza, Doutor Fausto, Os Buddenbrooks.

 “Longa é a viagem rumo a si próprio, inesperada é sua descoberta”. (Thomas Mann)

14° John Steinbeck – Nobel 1962
Escritor estadunidense. Suas obras mais importantes são: A Leste do Éden, As Vinhas da Ira, Ratos e Homens, Boêmios Errantes.

“Pela grossura da camada de pó que cobre a lombada dos livros de uma biblioteca pública pode medir-se a cultura de um povo”. (John Steinbeck)

13° Albert Camus – Nobel 1957
Escritor, romancista, dramaturgo, filosofo e jornalista francês/argelino. Suas obras mais importantes: O Homem Revoltado, A peste, O estrangeiro.
“Não quero ser um gênio. Já tenho problemas suficientes ao tentar ser um homem”. (Albert Camus)

12° Gabriel García Márquez – Nobel 1982
Escritor, jornalista e editor colombiano. Suas obras mais importantes: Cem Anos de Solidão, Crônica de uma morte anunciada, O general em seu labirinto, O Amor nos tempos do cólera, Memória de minhas putas tristes.

“A sabedoria é algo que quando nos bate à porta já não nos serve para nada.” (Gabriel Garcia Márquez)

11° José Saramago – Nobel 1998
Escritor, dramaturgo, jornalista, romancista, poeta e contista português. Suas obras mais importantes: Ensaio Sobre a Cegueira, Terra do Pecado, Caim, A Caverna.

“Nós estamos a assistir ao que eu chamaria a morte do cidadão e, no seu lugar, o que temos e, cada vez mais, é o cliente. Agora já ninguém nos pergunta o que é que pensamos, agora perguntam-nos qual a marca do carro, de fato, da gravata que temos, quanto ganhamos.” (José Saramago)

10° Pablo Neruda – Nobel 1971
Poeta chileno. Suas obras mais importantes: Vinte Poemas de Amor e uma Canção Desesperada, Residência na terra, Canto Geral, Cem Sonetos de Amor.

“Escrever é fácil. Você começa com uma letra maiúscula e termina com um ponto final. No meio você coloca idéias”. (Pablo Neruda)

9° Herta Müller – Nobel 2009
Escritora, poetisa alemã/romena. Suas obras mais importantes são: Tudo o Que Eu Tenho Trago Comigo, Hoje Preferia não me ter encontrado, Já então a raposa era o caçador, A terra das ameixas verdes.

“Tudo isto se acumula de uma forma, que, mais cedo ou mais tarde, não dá para suportar mais. E, nessa situação, comecei a escrever, porque não havia outra forma de me exprimir exceto através do ciclo vicioso das palavras.” (Herta Müller)

8° Jean-Paul Sartre – Nobel 1964
Filósofo e escritor francês. Suas obras mais importantes: Orfeu negro, Os Caminhos da Liberdade, A Idade da Razão, As Moscas.
Obs.: Recusou o prêmio alegando que a sua aceitação implicaria perder a sua identidade de filósofo.


“Detesto as vítimas quando elas respeitam os seus carrascos”. (Jean-Paul Sartre)

7° Hermann Hesse – Nobel 1946
Escritor alemão/suíço. Suas obras mais importantes: Siddartha, O Lobo da Estepe, O Jogo das Contas de Vidro, Sobre a Guerra e a Paz.

“O homem culto é apenas mais culto; nem sempre é mais inteligente que o homem simples.” (Hermann Hesse)

6° Boris Pasternak – Nobel 1958
Poeta e romancista russo. Suas obras mais importantes: Doutor Jivago.
Obs.: Recusou o prêmio por pressão do governo soviético.
“O homem nasceu para viver e não para se preparar para viver.” (Boris Pasternak)

5° T. S. Eliot – Nobel 1948
Poeta, dramaturgo inglês/estadunidense. Suas obras mais importantes: A Canção de Amor de J. Alfred Prufrock, Os homens ocos, Quatro Quartetos, A Terra Desolada.

Apenas aqueles que arriscam a ir demasiado longe conseguem descobrir o quão longe se pode ir.” (T. S. Eliot)

4° William Faulkner – Nobel 1949
Escritor estadunidense. Suas obras mais importantes: Paga de Soldado, O Som e a Fúria, Luz em Agosto, Pylon.

“A sabedoria suprema é ter sonhos bastante grandes para não se perderem de vista enquanto os perseguimos”. (William Faulkner)

3° Yasunari Kawabata – Nobel 1968
Escritor japonês. Suas obras mais importantes: A Dançarina de Izu, O País das Neves, Mil Tsurus, O Som da Montanha, Kyoto.

“Se num instante de toda a sua vida pelo menos for capaz de dar felicidade a uma só pessoa, será a sua própria felicidade.” (Yasunari Kawabata)

2° Mo Yan – Nobel 2012
Escritor chinês. Suas obras mais importantes são: Peito Grande e Ancas Largas, Sorgo Vermelho, Rã.

“Um escritor deveria enfrentar a vida com coragem sempre, arriscando a morte e a mutilação para derrubar um imperador”. (Mo Yan)

1° Ernest Hemingway – Nobel 1954
Escritor norte-americano. Suas obras mais importantes são: O Sol Também Se Levanta, Adeus às Armas, Por Quem os Sinos Dobram, O Velho e o Mar, As Neves do Kilimanjaro.

Só porque ele é meu escritor favorito merece duas fotinhos. (risos)

“Todos os bons livros se parecem: são mais reais do que se tivessem acontecido de verdade”. (Ernest Hemingway)

Espero que tenham gostado do especial. Até a próxima amados leitores Infiniteiros!
 Autora: Nikki Merin
Compartilhar no Google+
    Comentários Blogger
    Comentários Facebook

3 comentarios:

  1. Muita massa isso que você fez aqui, sempre tive curiosidade de ler os livros que ganharam o premio nobel, e com essa lista que sintetiza os melhores, me sinto presenteado, rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.

      Eu que agradeço por desfrutar da lista, e aproveite as leituras, pois todos citados acima são ótimos.

      XOXO

      Excluir