Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

MÚSICAS citadas em LIVROS

Autora: Nikki Merin

Livros Infinita
(Especial)
Músicas citadas em Livros

Olá, meus queridos leitores.
Hoje trago um post diferente e especial para vocês. Vamos falar de músicas conhecidas, ou não tão conhecidas assim, que são citadas em livros.
Decidi não escolher mais que duas músicas de cada livro, o que foi uma tarefa bem dificil. Em alguns casos, como por exemplo no livro As vantagens de ser invisivel, todas as músicas citadas nele são perfeitas. Mas para o post não ficar somente voltado a alguns poucos livros, resolvi então escolher uma ou duas músicas de cada um.


1° As Vantagens de Ser Invisível.

Vamos começar então com As vantagens de ser invisivel. Uma das músicais mais marcantes do livro é Asleep - The Smiths, citada logo no início. A melodia é linda e a banda nem se fala, sou apaixonada por eles.



Outra música também marcante nesse livro é Landslide - Fleetwood Mac. Aposto que muita gente se sentiu infinito também, lendo esse trecho ao som dessa música.

Confesso que amo essa música demais. A letra, a melodia, tudo nessa música me encanta. Quando vi a citação dela no livro eu chorei.


2° O Pacto.


Em O Pacto de Joe Hill, a música é um clássico do Sting. If you love someone, set then free deixa o livro bem mais interessante do que já é. Além de combinar perfeitamente com a história.

3° No Limite da Atração.

No limite da atração de Katie McGarry, temos Kings of Leon com a clássica Use Somebody e Red Hot Chilli Peppers com Scar Tissue. Como não querer se embrenhar nessa leitura ao som dessas duas bandas?
Use Someboby é uma das poucas músicas que escuto TODOS OS DIAS, e não é só pelo fato de ela me lembrar alguém, mas sim de que é uma música viciante.
Scar Tissue é uma das minhas favoritas de RHCP. Mas não tenho nem o que falar, músicas do RHCP são simplesmente perfeitas e ponto.

4° Paixão Sem Limite.

Paixão sem limite de Abbi Glines, cita para tudo agora que eu tenho que falar dessa banda, Hinder. Eles são demais, e é uma pena que não conheço quase ninguém que goste deles.  Lips of an Angel além de ser MARAVILHOSA, combina muito com o Rush, o personagem principal da livro.

5° Belo Desastre.

Em Belo Desastre de Jamie Mcguire, Travis Maddox canta Satisfaction dos Rolling Stones. Uma cena que na minha imaginação foi bem bizarra e engraçada. Imagina, do nada, um garoto doido começa a cantar na frente de todo mundo essa música.

6° Simplesmente Ana.
  
Simplesmente Ana de Marina Carvalho traz meu querido Bon Jovi DIVO, com In These Arms. Mesmo se o livro fosse ruim, valeria a pena só pela citação, mas não é esse o caso.



7° O Lado Bom da Vida.

Qualquer um que cite qualquer música do Stevie Wonder merece um beijo. (risos) O lado bom da vida, de Matthew Quick,  traz My cherie amour para nos fazer se apaixonar.

8° O Inferno de Gabriel.

O Inferno de Gabriel de Sylvain Reynard já é um livro de tirar o fôlego, e as músicas não poderiam ser diferentes.
Apenas estou apaixonada por Mattew Barber e sua voz linda. Tive o prazer de conhecê-lo graças a esse livro. Ainda temos um grupo que eu não conhecia, Dave Matthews Band, que também é muito bom.
Lying in the Hands of God além da letra ser muito boa, o instrumental dela é divino.

You and Me é a típica música que você escuta quando está amando. Ela te transmite amor, paixão, acelera o seu coração. Simplesmente apaixonante.

9° Alta Fidelidade.

Se esse filme já é perfeito, nem preciso dizer que o livro é melhor né. Fora que muitas músicas citadas no livro não foram parar na adaptação cinematográfica.
 Em Alta Fidelidade de Rob Fleming, a música tema do personagem principal é Last Night I Dreamt That Somebody Loved Me do The Smiths. Já dá pra imaginar muito bem o perfil dele, só por essa escolha.

Esse livro é ideal para aquelas pessoas que gostam de fazer listas. Me identifiquei muito com ele. (risos)
Outra música citado nele é um soul, do Rei do Rock 'N Soul Solomon Burke. Got to get you off my mind é perfeito, mas sou suspeita para falar, eu amo música soul. Eu fico arrepiada só em falar nisso.


10° Easy.


Easy de Tammara Webber cita Hardliners - Holcombe Waller. Sinceramente, essa música me pegou de surpresa. Eu não conhecia, e logo de cara não dei muito por ela, mas quando ela começou a tocar fiquei facinada.


11° Procura-se um Marido.

Em Procura-se um mardio da Carina Rissi, a música Say When do The Fray aparece na cena em que Max distrai Alicia quando está acontecendo uma tempestade, já que ela tem medo de trovões. Essa música já é perfeita, imagina só nessa cena como ficou fantástica.

12° Morte Súbita.

J.K. Rowling escolheu uma música bem pop para o seu livro Morte Súbita, Umbrella da Rihanna feat. Jay-Z. Como não gosto nem da autora e nem da música, vou me limitar a ficar calada.

13° A Rainha da Fofoca.


The Time Of My Life de Bill Medley & Jennifer Warnes, conhecida por causa do filme Dirty Dancing, agora também virou trilha sonora do livro A Rainha da Fofoca da queridinha dos americanos.
Meg Cabot.

14° Peça-me o que Quiser.

Peça-me o que quiser de Megan Maxwell cita Blanco y Negro da Malu. Vale a pena só pelo fato de ser em espanhol, mas a música é mesmo linda.


15° Minha Vida Fora de Série: 1° Temporada.

Da escritora brasileira Paula Pimenta, temos Minha vida fora de série: 1° Temporada. Nesse novo livro teen da autora, ela cita a música Boys don’t cry da banda The Cure. Sinceramente, a música é melhor que o livro. The Cure é uma das melhores bandas que tive o prazer de escutar, e essa música é a melhor de todas.


16° Entre o Agora e o Nunca.

Entre o agora e o nunca, de J.A. Redmerski, me fez conhecer The Civil Wars com a música Poison&Wine. Essa música é belíssima, e as vozes dos dois são tão bonitas e deliciosas de se escutar.

Nesse mesmo livro temos ainda Bad Company com a música Feel like makin’ love.

17° Deixe a Inglaterra Tremer.

 

Do autor brasileiro Sávio Lopes, Deixe a Inglaterra tremer, traz duas músicas da maravilhosa Alanis Morissette. A primeira delas é Citizen of the Planet.

A outra é Symptoms.


18° A Torre Negra: Lobos de Calla.

A torre negra: Lobos de Calla de Stephen King tem a campeã das músicas citadas em livros, Hey Jude dos The Beatles. Sim, a música mais citada nos livros é Hey Jude, mas uma curiosidade é que, o cantor mais citado é Elvis Presley.

19º - Menção Honrosa – Perdida


A brasileira Carina Rissi, autora de Perdida, divulgou nas redes sociais que a música que Ian e Sofia dançam em uma cena do livro é Won't Stop do OneRepublic.

Espero que tenham gostado desse post especial músicas citadas nos livros. Adorei tê-lo feito para vocês. Até a próxima.
Autora: Nikki Merin
Compartilhar no Google+
    Deixe seu Comentário
    Comentários Blogger

0 comentarios:

Postar um comentário