Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

Tragedia de Santa Maria: Quando a vida e trocada por uma licao

Autor: Luan de Bortoli 
Tragédia de Santa Maria: Quando a vida é trocada por uma lição


Você combina de sair com os amigos no fim de semana, se divertir, curtir um momento, esquecer o estresse os dias, conversar com aquelas pessoas que ficam longe durante uma semana dura de trabalho ou estudo... pessoas que são amigas, companheiras mesmo. E vão. Mas... por uma surpresa do destino, não voltam. Foi mais ou menos isso que aconteceu na noite do último sábado, dia 26 de janeiro.


Por uma irresponsabilidade e descaso de algumas pessoas – e não estamos aqui pra apontar culpados -, mais de mil jovens tiveram suas vidas mudadas. Uma parte deles, mais de 200, não tiveram apenas suas vidas modificadas... simplesmente perderam ela. Perderam sonhos. Perderam fantasias. Perderam desejos, lutas e ambições. Perderam tudo o que de mais importante tinham: a vida.
Por isso, passado alguns dias, hoje o Infinita faz um especial desta triste tragédia que comoveu o Brasil. Mas mais do que comover um país todo, serviu como lição. E, como das outras vezes, de novo uma lição que custou algo muito valioso: a vida.


Durante parte do domingo, as informações davam conta que haviam morrido no incêndio 245 pessoas, notícia que não foi confirmada. No meio da tarde, o número passou 231. Número que permaneceu até hoje, quando quatro novas vítimas faleceram.
Uma dessas mortes foi encefálica, mas já é considerada a 235ª morte. Esses são dados obtidos até o fechamento da edição de hoje da editoria de Notícias do Infinita, por volta da 00h00. O paciente em questão estava internado em Porto Alegre, com 70% do corpo com queimaduras.
O ministro da saúde, Alexandre Padilha, informa que até o momento – fechamento dessa edição -, mais de 70 pacientes estão internados em estado grave em Porto Alegre. Já em Santa Maria, na cidade da tragédia, há 64 pacientes internados, e 27 deles respiram com ajuda de aparelhos.
Abaixo, uma imagem, publicada pelo G1.com, na qual são detalhados os detalhes da boate e da tragédia.
Clique na Imagem para Expandir
Vítimas
Abaixo, Veja.com lista todas as vítimas do incêndio da boate Kiss. Grande parte deles era de jovens, que estudavam na Universidade Federal de Santa Maria, e tinha entre 18 e 20 anos. Clique AQUI e veja fotos e perfis.

Ajuda especial aos que precisam
Para auxiliar a família de todas essas vítimas, tantos dos jovens que perderam a vida, quanto dos jovens que estão internados em estado grave, o ministro da saúde, Alexandre Padilha, anunciou que enviará ao Rio Grande do Sul uma equipe, chamada de força-tarefa. São profissionais, como psicólogos, que já atuaram inclusive em tragédias como a do ataque às Torres Gêmeas, e que vão contribuir na parte psicológica dessas pessoas.
De acordo com o ministro, a equipe foi formada com a ajuda da Organização Mundial da Saúde, OMS. Além disso, fisioterapeutas também foram enviados ao estado para auxiliar no tratamento das vítimas. Padilha ainda recomenda aos familiares de sobreviventes e para os próprios sobreviventes que prestem atenção para possíveis sintomas de náusea, tosse e falta de ar. Esses são sinais da possível inalação da fumaça – altamente tóxica – que ocorreu na boate e podem gerar a chamada pneumonia química.
Imagens da tragédia
Vários portais de notícias, inclusive telejornais, têm mostrado imagens de sobreviventes e familiares. São imagens fortes, que retratam realmente o que a cidade sente. Abaixo, um link com as principais fotos publicadas no Veja.com.

Prisão
Desde que o incêndio aconteceu, e ganhou espaço em toda a mídia brasileira, muitos buscavam apontar os culpados e as causas da tragédia. Inicialmente, ninguém falava sobre quem poderia ser acusado. Mas já na segunda-feira, os dois donos da boate Kiss foram presos. Elissandro Calegaro Spohr e o sócio Mauro Hoffmann foram apontados como dois dos culpados e presos. Além deles, dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, grupo que se apresentava no momento em que o incêndio iniciou. Vale ressaltar que um dos integrantes morreu durante a tragédia.
E uma das informações mais recentes dá conta de que Elissandro, um dos sócios da boa, internado num hospital, mas sob custódia, teria tentado se matar. A tentativa teria acontecido enquanto ele tomava banho, mas foi impedido pelos policiais que o acompanham. A namorada diz que Elissandro está muito transtornado, se culpando pela morte de todos os jovens, muito dos quais eram seus amigos.


Causas
De acordo com o portal G1.com, um dos delegados que cuida do caso, Marcos Vianna, informou que as possíveis causas de toda a tragédia de Santa Maria seriam quatro, que se completam:


1) o fato de a boate ter apenas uma saída e a porta ser de tamanho reduzido;

2) o uso de um artefato sinalizador em um local fechado;

3) o excesso de pessoas no local

4) a espuma usada no revestimento do teto, que pode não ter sido a mais indicada e ter influenciado na formação de gás tóxico, contribuindo para as mortes.


O vocalista da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo Santos, admitiu em seu depoimento à Polícia Civil que segurou um sinalizador aceso durante o show na boate Kiss, de acordo com o promotor criminal Joel Oliveira Dutra, que acompanha o caso. O músico negou, no entanto, que as faíscas do artefato tenham provocado o incêndio e disse que já havia manipulado esse tipo de sinalizador por diversas vezes em outras apresentações.
Outro fator a ser considerado é que o alvará de funcionamento estava vencido desde agosto de 2012. A polícia agora segue com investigação sobre os motivos do incêndio, e deverá interrogar grande parte dos sobreviventes do local.


Tragédias anteriores
Em 1942, uma boate de Boston, nos Estados Unidos, incendiou, matando 492 pessoas. O incêndio na Cocoanut Grove não teve as causas determinadas.
Em 2000, na China, um estabelecimento com várias lojas também incendiou e matou 309 pessoas.
Mais recentemente, em 2004, uma boate de Buenos Aires incendiou e 194 pessoas morreram. A tragédia também foi causada por um sinalizador.
E uma das maiores tragédias do mundo, nesse sentido, aconteceu no Brasil. Em 1961, um circo que estava se apresentando em Niterói, no Rio de Janeiro, pegou fogo e matou 503 pessoas. As causas do incêndio fora criminosas e os suspeitos foram presos.

Mais detalhes

O portal do jornal O Globo elaborou uma página especial destinada a cobertura da tragédia. No espaço, muitas informações são publicadas a todos momento, além de infográficos, fotos e entrevistas.
Por fim, essa grande tragédia, como as demais, nos faz aprender... mas da pior maneira possível. Em todo o país, a fiscalização a boates aumentou consideravelmente. Algumas, inclusive, já foram interditadas. Agora, o certo é: as baladas brasileiras não serão mais como antes... tanto na preocupação por parte dos pais, dos próprios “baladeiros” e na segurança que os donos das casas vão oferecer em seus estabelecimentos.
Autor: Luan de Bortoli 
Compartilhar no Google+
    Deixe seu Comentário
    Comentários Blogger

0 comentarios:

Postar um comentário