Blogroll

Blogger news

Blogger templates

Blogger templates

Tecnologia do Blogger.

Nav2 (Do not Edit Here)

Nav1 (Do not Edit Here)

Slider(Do Not Edit Here!)

Tablet: febre, mania, fenomeno de vendas. Você ja tem o seu?

Tablet é febre, é mania, é fenômeno de vendas. Você já tem o seu?
Autor: Luan de Bortoli 

   
Assunto recorrente aqui na Revista Infinita, as tecnologias e a internet ganham cada vez mais destaque e relevância no dia a dia das pessoas. A onda do momento é o tablet, o chamado computador de mão. Recentemente, a Microsoft entrou na onda e lançou o Surface, seu próprio tablet.

Assim como o notebook virou ferramenta quase indispensável para jovens e pessoas que trabalhar, além, é claro, de ser uma ferramenta para entretenimento, o tablet vem ganhando esse espaço e estas características também. 

E os brasileiros entraram de vez na onda do “computador de mão”. Em função da baixa de preços do aparelho, mais de 370 mil unidades foram vendidas no primeiro trimestre, um aumento de 351% referente ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela empresa IDC, especializada em consultoria em tecnologia.

O IDC ainda apontou que neste ano, para cada quatro notebooks ou desktops, deverá ser vendido um tablet. Isso representa que a venda de tablets mais acelerada do que a venda de notebooks. Segundo estimativas do IDC, até o fim deste ano deversão ser vendidos cerca de 2,5 milhões de unidades do aparelho. Ano passado, foram vendidas 800 mil e em 2010, apenas 110 mil. O aumento da venda de 2011 para 2012 deverá ser de 215%.
   
O IDC ainda informou que 33% dos tablets tiveram a redução de preços. E essa baixa se deve aos benefícios tributários concedidos pelo governo do Brasil. Positivo, Samsung e Motorola são algumas das empresas beneficiadas. 

Atualmente, no mercado brasileiro há uma divisão básica entre três faixas de preços por marcas: o iPad, da Apple, na maior; o Galaxy, da Samsung, e o Ypy, da Positivo, entre outras, no meio; e os importados de marcas menos conhecidas, a maioria chinesa, na faixa de baixo.

Com informações de Veja.com.
Autor: Luan de Bortoli 
Compartilhar no Google+
    Deixe seu Comentário
    Comentários Blogger

0 comentarios:

Postar um comentário